Carlos Bolsonaro diz que idosa que nega tê-lo assessorado não lembra porque tem alzheimer



Apoie Joselito Müller. Clique AQUI

RIO DE JANEIRO – O vereador Carlos Bolsonaro desmentiu, na manhã de hoje, versão de uma idosa que compôs seu quadro de assessores, mas que alega jamais ter prestado, de fato, serviço para o parlamentar.

O caso veio à tona esta semana, quando foi revelado que a senhora, uma idosa de setenta anos de idade, que era nomeada assessora do gabinete do filho do presidente, afirmou que nunca trabalhou para o irmão de Flávio e Eduardo.

Segundo o vereador, a idosa trabalhou exercendo a tarefa de entregar mala direta numa de suas bases eleitorais.

Apesar de ter setenta anos, ela é uma velha muito disposta e entregava correspondências na zona oeste do Rio”.

Carlos explicou que optou por nomeá-la assessora para exercer tal função, porque quando enviava pelos correios, sempre dava destinatário ausente.

Quando o Paulo Guedes privatizar essa bosta, vamos enviar nossas correspondências pelos correios”, explicou Carlos.

Segundo ele, a ex-assessora não lembra que trabalhou para seu mandato, porque tem alzheimer.

Ela já vinha apresentando sintomas de alzheimer, se esquecendo das coisas, então deve ser por isso que ela não lembra que trabalhou pra mim”, se defendeu o filho de Jair.

* Leia o livro “O Lula tá preso, babaca”, de Joselito Müller.

Livro físico AQUI.

E-book para Kindle AQUI.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: