Polícia investiga gangue de jornalistas acusada de tentar entrevistar pessoas


Apoie Joselito Müller. Clique AQUI

Como se já não bastassem os problemas roteiros de segurança pública que o brasileiro enfrenta no dia a dia, um novo motivo de preocupação tem se tornado rotina, sobretudo nas grandes cidades.

Segundo informações incluídas no Mapa da Violência de 2019, têm se tornado frequentes casos em que jornalistas, muitas vezes munidos de instrumentos tais como microfones, gravadores ou bloquinhos de papel, tentam entrevistar civis inocentes.

Aqui na rua todo mundo já passou, ou conhece alguém que já passou por isso. Uma vez um jornalista tentou entrevistar minha filha, em pleno a luz do dia, na porta de casa”, denuncia um aposentado que, por medo de retaliações, não quis se identificar.

Tais fatos não têm incomodado somente o brasileiro comum.

Recentemente o próprio presidente da república denunciou que alguns jornalistas estavam conspirando para tentar fazer perguntas a ele.

Os números são preocupantes.

Segundo dados da Associação Brasileira de Imprensa, mais de 298639 de brasileiros são vítimas de jornalistas, que os entrevistam, todos os dias.

* Leia o livro “O Lula tá preso, babaca”, de Joselito Müller.

Livro físico AQUI.

E-book para Kindle AQUI.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: