Deputado evangélico apresenta projeto para proibir clareamento anal em todo o Brasil



BRASÍLIA – Última moda nas clínicas de estética, os tratamentos para clareamento anal, que, como o próprio nome já diz, tem o objetivo de clarear o ânus daquele que se submete ao procedimento, pode ser proibido em território nacional.

Isso caso a proposta apresentada pelo deputado Pasto Felizardo Taperebá seja aprovada.

Segundo o autor da proposta, o tratamento de clareamento anal é feito geralmente com a intenção de praticar pederastia.

Sou ex-gay e sei como são essas coisas”, afirma o parlamentar.

Parte dos deputados das bancadas de esquerdas criticaram a proposta, por considerá-la homofóbica. Outros apoiaram a ideia, alegando que fazer clareamento anal é um ato racista.

Já a bancada liberal disse que o projeto atenta contra o livre mercado.

Já a bancada liberal disse que o projeto atenta contra o livre mercado.

* Leia o livro “O Lula tá preso, babaca”, de Joselito Müller.

Livro físico AQUI.

E-book para Kindle AQUI.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: