Homens que usam rosa terão nome inserido em “Cadastro Nacional de Homossexuais”


Uma Medida Provisória polêmica, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, tem sido motivo de discussões no dia de hoje.

Após criar o “Cadastro Nacional de Homossexuais”, o presidente editou Medida Provisória que determina que “Todo cidadão brasileiro, nato ou naturalizado, bem como a todo estrangeiro residente em solo nacional, que seja homem do sexo masculino, e que por ventura for flagrado usando roupas cor-de-rosa, terá o nome inserido no Cadastro Nacional de Homossexuais, criado pelo Decreto-Lei 8752452 de 04 de janeiro de 2019”.

Após ser alvo de duras críticas, o Planalto explicou, por meio da assessoria de comunicação – ASCOM – da Presidência da República, que a medida visa inserir tais pessoas no usufruto das políticas destinadas à comunidade LGBT.

A intenção não é perseguir”, diz a nota.

A Medida Provisória foi editada na mesma semana em que a ministra Damares fez declaração polêmica sobre menino usar azul e menina usar rosa, o que foi interpretada por especialistas como preconceito contra daltônicos.

* Leia o livro “O Lula tá preso, babaca”, de Joselito Müller.

Livro físico AQUI.

E-book para Kindle AQUI.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: