No Vaticano, Chico Buarque diz que Lula é preso político e Papa diz que mentir é pecado


VATICANO – Em visita ao Vaticano esta semana, o cantor e compositor Chico Buraco se reuniu com o Papa Francisco, ocasião em que aproveitou para se queixar da prisão do ex-presidente Lula.

Todas as instâncias do judiciário brasileiro, até agora, mantiveram a decisão de prendê-lo, então o jeito é apelar para o cara lá de cima”, declarou Chico com descontração.

Chico esclareceu a Francisco que foi ao Vaticano sem avisar com antecedência, pois estava em Paris, quando começaram os protestos.

Eu já curti muito esse negócio de passeata, mas hoje, já deu!”, desabafou o músico, que na sequência, apelou para que o Papa tomasse alguma providência em relação à prisão de Lula, alegando que o motivo do encarceramento é político.

Canonize ele, ofereça asilo político no Vaticano, sei lá. Faça alguma coisa, Francisco”, disse Chico ao Papa.

Em resposta, o Papa declarou que “Mentir é pecado, e se eu fosse me meter nisso, teria que pedir também a soltura de Cabral, Cunha, Maluf e de todos os presos na Lava Jato. Como vocês dizem lá no Brasil, ‘pau que dá em Chico, dá em Francisco’”, esclareceu Sua Santidade.

* Leia o livro ,”O Lula tá preso, babaca“, de Joselito Müller.

2 thoughts on “No Vaticano, Chico Buarque diz que Lula é preso político e Papa diz que mentir é pecado

Add yours

Deixe uma Resposta para Luís Fernando Martins Barros Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: