Bolsonaro diz que cortará verba para reversão sexual de héteros que querem virar gays


BRASÍLIA – Pouco divulgado no Brasil, o tratamento de reversão sexual de heterossexuais que querem virar gays tem recebido cada vez mais adesão em todo o país.
Procurado, na maior parte dos casos, por homens que querem ter uma relação viril de broderagem, sem TPM nem obrigação de assistir comédias românticas, os programas de reversão sexual para quem quer virar gay são custeados pelo SUS e servem de exemplo para vários países do mundo.

“Há uma preocupação, porque não sabemos se o programa continuará recebendo verba pública no próximo governo que assumir”, relata o coordenador do programa Doutor Adamascu da Silva.

A declaração se deu em alusão a mais uma declaração polêmica do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Bolsonaro declarou que pretende cortar verba do referido programa, alegando que “quem quiser fazer tratamento para virar gay, que pague na iniciativa privada”.
O presidente eleito também afirmou que vai reduzir verba para tratamento de homens que pretendam engravidar e vai rever a portaria que permite que mulheres possam fazer operação de fimose.

O programa atualmente recebe novecentos e quarenta e sete bilhões de reais e vinte e quatro centavos anuais e já atendeu mais de dez brasileiros maiores de dezoito anos de idade.

E você, prezado leitor, concorda com essa medida? Opine nos comentários.

Curte Joselito Müller? Então apoie. Acesse Apoia.se

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: