Fábio Assunção alega perseguição: “Desde que me filiei ao PT, é a 2ª vez que vou preso”


PAPUDA – O ator Fábio Assunção se tornou mais um nome do Partido dos Trabalhadores a compor a população carcerária brasileira.

Preso pela segunda vez em menos de um ano, o ator conversou com exclusividade com nossa reportagem e alegou que perseguição política foram as motivações de suas prisões.

Desde que me filiei ao PT, é a segunda vez que vou preso. Isso mostra claramente que os golpistas não querem dar trégua”, afirmou o ator que foi preso por dirigir sob efeito de álcool.

O Lula dirigiu este país sob efeito de álcool e foi o melhor presidente da história. Por que não posso dirigir um carro sob o mesmo efeito?”, questiona Fábio.

O ator negou que fará acordo de delação premiada e informou que sua defesa vai pedir ao STF que seu processo não seja julgado pelo juiz Sérgio Moro.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: