Após dizer que comia gente, Bolsonaro pode ser preso por canibalismo


BRASÍLIA – Após revelar que gastava parte do auxílio moradia para comer gente, o deputado Jair Bolsonaro foi incluído no polo passivo de uma ação penal que poderá levá-lo à prisão.

A denúncia, apresentada pela Procuradora Geral da República, Raquel Sheherazade Dodge afirma que o deputado, “ao confessar que comia gente, admitiu ter cometido canibalismo, o que é crime segundo o Código Penal brasileiro”.

A prática de canibalismo é proibida no Brasil desde o ano de 2002, quando foi incluído na legislação penal a previsão de pena de 12 a 30 anos para tal prática.

O canibalismo atualmente só é permitido quando for recomendado por nutricionistas ou cometido por razões religiosas.

Em sua defesa, Bolsonaro alega que a reportagem na qual teria proferido tal afirmação “sonegou de propósito uma vírgula. Eu disse: ‘eu usava o dinheiro para comer, gente’ e eles tiraram a vírgula só de sacanagem, esses fake news”.

Em apoio a Bolsonaro, o tucano José Serra declarou que “comer gente não é crime. Eu mesmo já comi muita gente”.

Veja abaixo um vídeo de Serra que atesta a assertiva acima:

One thought on “Após dizer que comia gente, Bolsonaro pode ser preso por canibalismo

Add yours

Deixe uma Resposta para JOSÉ LEONARDO Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: