Exclusivo: Geddel, que temia ser comido, diz que encontrou o amor de sua vida na cadeia


 

PAPUDA – Preso há mais de um mês após a Polícia Federal descobrir 51 milhões de reais escondidos num apartamento de sua propriedade, o ex-presidente da Caixa Econômica Federal Geddel Vieira Lima tem vivido uma situação improvável no xilindró.

Após virar piada por requerer sua soltura alegando risco à integridade física de seu próprio buraquinho anal, Geddel acabou por descobrir que na cadeia também há lugar para o amor.

Companheiro de cela de um meliante vulgo “Barbalhão Pé de Mesa”, Geddel revelou à nossa reportagem que acabou não resistindo aos encantos do dito cujo.

Se recusando a falar detalhes sobre o relacionamento, Geddel afirmou que “a perda de 51 milhões não é nada, face a descoberta de um amor verdadeiro”.

Sem previsão de sair para o regime semiaberto – uma vez que ainda se encontra preso preventivamente – Geddel teme permanecer após a saída de Barbalhão, que está prestes a progredir de regime.

O Cabral, o Cunha e o Eike Batista estão no pavilhão aqui vizinho, então eles sempre ficavam me sacaneando, me obrigando a lavar a roupa suja deles e mandando eu pegar todo sabonete que caía. Isso acabou depois que o Barbalhão surgiu na minha vida, mas eu temo que recomece quando ele sair”, revela Geddel.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: