Maduro corrobora declaração de Duvivier: “Se é ditadura, não é de esquerda, logo não sou ditador”


O presidente legitimamente eleito pelo escrutínio universal e periódico do povo venezuelano Nicolás Maduro afirmou, em entrevista à TeleSur exibida na manhã de hoje, que concorda com a declaração recentemente publicada pelo jornal Estadão no qual o comediante Gregório Duvivier declarou peremptoriamente que “se (um governo) é ditadura, não é de esquerda”.

Maduro revelou que leu a declaração hoje cedo, quando estava dando sua cagada matinal enquanto lia o referido jornal, que o estadista usaria em seguida para limpar-se.

El pensamiente deste jóven és mui correcto. Se és dictadura, no és de esquierda, luego, non soy dictador”, afirmou Maduro.

Cópias da entrevista foram enviadas para Raul Castro, que ainda não se pronunciou a respeito, e para Kin Jong Un que disse que não falará sobre a declaração de Duvivier, pois não entende muito bem a língua portuguesa.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: