PSOL lamenta ataques a Santander e acusa conservadores de conspirarem contra capital financeiro


O Partido Socialismo e Liberdade (sic) emitiu nota na tarde de hoje lamentando ataques à exposição de obras de arte gay pelo Santander Cultural.

As críticas à exposição partiram de setores mais conservadores, que acusaram o banco de estar fazendo apologia à putaria em geral.

Tinha até trissexuais retratados nas obras, coisa que eu nunca tinha visto na vida”, declarou um internauta.

Outro se disse horrorizado com uma imagem que retratava um homem dando uma sarrada numa cabrita menor de idade.

Em razão das críticas, o Santander acabou encerrando a exposição, o que suscitou a publicação da nota redigida pelo diretório nacional da agremiação socialite-socialista.

Isso é claramente uma conspiração da direita conservadora contra o capital financeiro e a burguesia nacional, além de ser uma censura contra a arte surubesca”.

Membros da referida organização ressaltaram que “não estamos defendendo banqueiro”, mas elogiou o que chamou de ousadia da instituição bancária “em contraposição à sociedade capitalista e patriarcal”.

* Sugerido por Lucas Gelásio

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: