Freixo procura nova esposa para passar suas roupas, pois “machistas não passarão”


Militante feministo há várias décadas, Marcelo Freixo tem vivido um verdadeiro inferno astral ao ser acusado de machista justamente por aquelas com quem ombreou na mesma trincheira na luta contra o patriarcado.

Isso tudo pelo fato de sua ex-mulher tê-lo acusado de ser machista, em razão de um malicioso comentário que o Psolista teria feito a alguns parças, a quem supostamente confidenciou que havia sido corneado pela sua cônjuge.

O fato repercutiu na imprensa e nas redes sociais, onde várias pessoas desinformadas ou de má índole fizeram questão de fingir ignorar que a culpa disso tudo é do patriarcado.

Como se já não fosse celeuma suficiente, Freixo se deparou com mais um problema, esse, quiçá, mais grave, já que compromete sua elegância e bacanisse, haja vista obrigá-lo a andar por aí com as roupas amarrotadas.

Isso porque Freixo, que só não mantém coerência com o que prega quando a sociedade o obriga a agir exatamente ao contrário, não pode passar as próprias roupas, já que confessou ser um cara machista.

Eu sempre fui um dos propagadores da já famosa frase que diz que ‘machistas não passarão’, Seria muita incoerência se agora, depois disso tudo, eu contrariasse o que preguei a vida toda e fosse passar minhas roupas”, explica Freixo.

Como minha ex-mulher foi embora, preciso urgentemente arranjar outra esposa para passar minhas roupas”, desabafou.

A postura de Freixo foi elogiada por militantes do movimento feminista do Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: