Universitário é preso por “apertar” cigarrinho de maconha em ação da Petrobrás


Um ato corriqueiro no campi central da Universidade Federal de Lapão Roliço acabou virando caso de polícia na tarde de hoje.

Isso porque o estudante do curso de filosofia, Anastácio Inácio de Araruna, 36 anos, ao pretender “fazer uma presença” numa roda de amigos durante o recreio da aula, apertou um cigarrinho de maconha numa ação da estatal Petrobrás.

“Eu estava sem papel de seda e nenhum de meus amigos tinha, então vasculhei minha carteira e lembrei dessa ação da Petrobrás que eu tinha comprado para investir no ano passado”, disse o jovem.

Ele acabou sendo preso em razão de uma denúncia anônima, uma vez que destruir ações de empresas estatais é crime punido com até quatro anos de detenção.

“Quando vieram me prender eu pensei que era por causa da maconha, mas graças a Jah não era, pois é legalizada aqui na facul”.

Ele foi ouvido e liberado em seguida e deve responder o processo em liberdade.

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: