Música de Tim Maia é censurada por preconceito contra diversidade sexual


“Só não vale dançar homem com homem, e nem mulher com mulher.”

Um aluno de pós-graduação da Universidade Federal do Espírito Santo, Ricardo Mercadinho, teve seu ipod confiscado por conter “graves ofensas a diversidade sexual e músicas de claro teor preconceituoso”.

O professor registrou um boletim de ocorrência na 31 DP, que fica na região metropolitana de Vitória. O aluno teve seu MP3 player apreendido para averiguações e o aluno foi indiciado por injúria e atentado a diversidade, com penas que podem chegar até 6 anos de prisão.

Segundo o professor de sociologia Gustavo “Tupã” da Silva, é inaceitável que músicas com teor discriminatório ou preconceituoso sejam permitidos ainda nos idos de 2015.

O professor foi o mesmo que fez um boletim de ocorrência contra o dono da cantina que vendia doces “Tetas de Nega” e “Pés de moleque”, alegando preconceito racial e canibalismo, em 1998.

Germando Bola, reitor da UFES apenas reiteirou o apoio ao professor e disse que o aluno será investigado também por machismo, pois alunas acusaram RM de abrir portas, ser gentil e outras demonstrações patriarcais.

 

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: