Uma tijolada na cara do Fernando. Réplica ao artigo do “Tijolaço”


ImagemFiquei deveras lisonjeado ao ver a arte do meu blog em destaque no tal do “Tijolaço”.

A arte, que ganhei de presente essa semana, ilustrava o artigo intitulado “Como um boato coxinha contra médicos cubanos mostra que tornozeleira de preso vai ser usada em médicos de Minas” (leia aqui, vai: http://tijolaco.com.br/blog/?p=14247)

O referido artigo se referia a uma publicação que fiz em meu blog, a respeito de uma medida fictícia do Ministério da Saúde determinando o uso de tornozeleiras eletrônias por médicos cubanos para evitar mais fugas.

Para quem ainda não leu, leia aqui, bitte: https://joselitomuller.wordpress.com/2014/02/17/para-evitar-novas-fugas-medicos-cubanos-terao-que-usar-tornozeleiras-de-monitoramento/

Pois bem, a notícia fictícia, que para meu deleite foi desmentida pelo Ministério da Saúde, (vejam só, que mimosos: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/maismedicos/33661-esclarecems-ministerio-da-saude-desmente-boatos-de-que-profissionais-cubanos-do-mais-medicos-devem-usar-tornozeleira) foi abordada pelo tal de Fernando Brito da seguinte maneira:

“A direita brasileira é tragicômica.

Espalhou-se na internet o boato de que os cinco mil médicos cubanos que atuam no Mais Médicos estariam recebendo tornozeleiras eletrônicas como as de presidiários para evitar que debandassem para Miami.

Um monte de blogs facebooks sem noção começaram a reproduzir a “nota” colocada por um gaiato direitista do Rio Grande do Norte, que se identifica como Joselito Müller, cuja imagem já é uma comédia, de que o Ministério da Saúde havia baixado uma portaria mandando colocar o tal artefato nos cubanos.”

(…)

“É a histeria que as corporações médicas criaram.

Nem é, portanto preciso dizer que tudo é falso, embora o Ministério da Saúde tenha sido obrigado emitir um insólito comunicado dizendo o óbvio.

Mais irônico ainda é que a tornozeleira da foto é tucana: é uma foto distribuída pelo Governo de Minas Gerais, para ilustrar o uso de tornozeleiras em presidiários do estado, estrelada pelo Agente de Segurança Penitenciária Ferreira, da Secretaria de Defesa Social mineira.”

Mais à frente, Fernandinho passa a tecer considerações sobre um caso em que três médicos teriam retirado “órgãos de uma criança ainda viva, o Conselho Regional de Medicina recusou-se a cumprir o pedido do Judiciário para cassar-lhes o registro profissional. E pondera que isso não é motivo de escândalo para nossos coxinhas e para as mentes deformadas dos radicais de direita. Afinal, os doutores não eram cubanos, eram mineiros.”

Não obstante o exíguo vocabulário do meu querido detrator Fernando Brito, que foi capaz de escrever um artigo com pouco mais de quinhentas palavras, segundo contagem do Word, no qual repetiu a palavra “direita” sete vezes, “médico”, catorze vezes e “coxinha”, três, me dispus a respondê-lo. Quem sabe não rola uma tréplica para o negócio ficar ainda mais divertido, hein?

Bem, como o próprio Ministério da Saúde afirmou, a notícia é falsa, bem como todas as outras postadas em meu blog.

Por qual motivo, então, tanta repercussão?

Um amigo do Facebook, respondendo uma indagação de minha pessoa, postou esta pertinente frase de Chesterton: “Não podemos sequer apreciar uma piada, se não tivermos uma filosofia clara que possa reconhecer o que está correto e o que está torto.”

E o que impede Fernandinho de distinguir “o que está correto do que está torto”, levando-o a acreditar que a postagem acima mencionada se trata não de uma piada, mas de uma “mentira da direita raivosa e coxinha”, senão o fato de estarem os médicos cubanos sendo submetidos à condição análoga a de escravos?

Duvida? Pois então vejamos.

O “MANUAL DE COMBATE AO TRABALHO EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS ÀS DE ESCRAVO – 2011”, do Ministério do Trabalho e Emprego define trabalho escravo da seguinte maneira:

“Malgrado as diversas denominações, qualquer trabalho que não reúna as mínimas condições necessárias para garantir os direitos do trabalhador, ou seja, cerceie sua liberdade, avilte a sua dignidade, sujeite-o a condições degradantes, inclusive em relação ao meio ambiente de trabalho, há que ser considerado trabalho em condição análoga à de escravo.”

O “Reglamento disciplinario”, que disciplina as atividades dos “trabalhadores civis cubanos que prestam serviço no exterior como colaboradores internacionais” é explícito nas disposições que cerceiam a liberdade dos “colaboradores”, no caso em tela, dos médicos oriundos da ilha.

Os itens “i”, “k” e “m” do capítulo III do referido documento, intitulado “Acerca de los deberes de los trabajadores” dizem o seguinte:

“i) Para salida después de lãs 6 de la tarde, solicitara permiso a su jefe inmediato superior, informándole a donde ira, si con compañeros cubanos o contraparte nativa, lugar que visitara, fines etc…

(…)

k) Las salidas fuera Del rango de su circunscripción donde reside y trabaja se Le solicitara al jefe inmediato superior y este de no ser el mismo lo solicitara al jefe de Provincia se esta dentro de la demarcación. Las salidas a la cabecera Del Departemento u outro Departamento Del país solamente será autorizado por la Jefatura Máxima Departamental.

m) Queda terminantemente prohibido extralimitarse Del país donde se trabaje, no existiendo pasos trans-fronterizos, aunque estemos muy cercano a outro país. (…)”

O item “h” do mesmo capítulo, evidenciando a ingerência do Estado cubano na vida privada dos cidadãos daquele país, define como direito do “colaborador” o seguinte:

“h) De existir alguna relácion amorosa con nativos debe informarse inmediatamente, y estar acorde con el pensamiento revolucionario de nuestra estância y em ninguna medida ser desmedida.”

Voltemos ao “MANUAL DE COMBATE AO TRABALHO EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS ÀS DE ESCRAVO”, na passagem em que orienta aos auditores a identificarem mais critérios para configuração de redução à condição análoga a de escravo:

“Deve ser verificada também (…) a eventual garantia pelo empregador da efetiva possibilidade de gozo do repouso semanal remunerado fora do local de trabalho, especialmente com relação à disponibilização de meios de transporte.

Da mesma forma, longas distâncias dentro da propriedade, entre locais de alojamento, frentes de trabalho e sede, por exemplo, podem inviabilizar os deslocamentos.

Não raro os trabalhadores necessitam de autorização para deixar a propriedade, só podendo fazê-lo em horários predeterminados ou sequer têm permissão para deixar o local de trabalho.

Mais uma vez evidenciando o amor do Estado cubano pela liberdade, o “Reglamento” define como infração disciplinar os seguintes fatos:

“manter amizade ou vínculo com cubanos que tenham abandonado o cumprimento da missão de colaboração”; convidar familiares ou terceiros para visitar o país, não restando claro neste ponto a qual país o documento se refere.

E tem mais, o regulamento em momento algum menciona direito ao contraditório e ampla defesa.

As sanções para o médicos traquinos são as seguintes:

“Revocacion de la Mision (Regreso a Cuba) con perdida de lós estímulos y derechos; Expulsíon de la Mision. Regreso inmediato a Cuba (Mision incumplida e invalida cumplir nueva mision em um plazo no menor que 10 años)”

Uma vez retornando a Cuba, o “colaborador” certamente será processado criminalmente, conforme o artigo do Código Penal cubano que me dei ao trabalho de transcrever abaixo:

“ARTÍCULO 135.1. El funcionario o empleado encargado de cumplir alguna misión en un país extranjero que la abandone, o, cumplida ésta, o requerido en cualquier momento para que regrese, se niegue, expresa o tácitamente, a hacerlo, incurre en sanción de privación de libertad de tres a ocho años.

2. En igual sanción incurre el funcionario o empleado que, en ocasión del cumplimiento de una misión en el extranjero y contra la orden expresa del Gobierno, se traslade a otro país.”

E aí, bonitão? Sacou “o que está correto e o que está torto” nessa história toda?

A “notícia” das tornozeleiras é verossímil porque a condição dos médicos cubanos no Brasil é, sim, análoga a de escravos, cazzo! E isso segundo os próprios critérios do MTE.

Caso não fosse, quem pensaria ser verídica a postagem?

A indiferença aos fatos acima não se dá apenas por ignorância, mas por canalhice, já que aqueles que sempre se disseram defensores dos trabalhadores são invertebrados ao ponto de defender a aberrante escravidão de seres humanos, desde que tal fato possa gerar algum proveito para o governo que defendem.

Isso sim é uma triste piada.

* PS: No que se refere à postura canalha do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais, no caso mencionado por Fernando Brito em seu artigo, devo esclarecer, embora não seja necessário, que não morro de amores por esses conselhos. Já critiquei com veemência posturas  do CFM, sobretudo a respeito daquela Resolução sobre o aborto, lembram?

94 thoughts on “Uma tijolada na cara do Fernando. Réplica ao artigo do “Tijolaço”

Add yours

  1. Zelito… não sei quem não entendeu quem aí… o Fernando informou que você é um gaiato, acho que a crítica dele não é para você, mas pra quem lê uma notícia fictícia e sai por aí espumando como cães raivosos…

    Eu não sei se você tem orientação política, mas não vejo isso no seu blog. Quem vê direita ou esquerda no seu blog são as pessoas.

    Eu como esquerdista, me divirto muito nele, rindo à toa de quem pega suas notícias estapafúrdias e às toma como verdade ou vê algum tipo de crítica velada ao governo. Se for ver bem, ao “exagerar” numa notícia, sobre direitos humanos, por exemplo, você acaba zoando mais quem é contra os DH, por torná-lo caricato, do que com quem é a favor.

    Gostar

  2. JM, perfeito. Corrija apenas o TEM, para MTE. ( E isso segundo os próprios critérios do TEM.) Melhor Ainda: escre que se trata o Ministério do Trabalho e Empreho – MTE.

    Os imbecis vão findar inventando que agora você deu pra criar critérios próprios para definir a condição análoga à escravidão.

    Gostar

  3. Esse tal de Fernando é algum pedreiro metido a blogueiro? Além de tijolaço, poderia ser Cimentolaço, telhadaço, pedradaço e outros materiais bem construtivos.

    Gostar

    1. comentário preconceituoso contra os pedreiros, típico dos direitas coxinhas. Vale lembrar que o salario do mais médico é de 10 mil reais, muito parecido realmente com o que recebiam os escravos para trabalhar.

      Gostar

    1. My eyes!!!!!! Só a esquerda é contra trabalho escravo – aliás, é tão contra que não trafica escravos cubanos, apenas os compartilha entre os miguxos! kkkkkkkk! É cada uma! Daqui a pouco vai dizer que a Princesa Isabel era esquerdista também. “Derrepente” era, né? 😀

      Gostar

  4. Um canalha é apenas um canalha, E os ratos vermelhos são de uma canalhice abjeta. São tão obtusos que até um Blog reconhecidamente sacana como o Joselito Muller é levado a sério.
    A esquerdalha precisa de agenda para continuar lavando o cérebro dos idiotas de sempre, e a notícia das tornozeleiras é tão possível que eles acreditaram como verdade absoluta…Huá huá huá!!!
    Da-lhe Joselito, batem em PTralha é chutar cachorro morto…Mas eles merecem!!!!

    Gostar

  5. Viram o caso da professora que perdeu o cargo na PUC-Rio por ter feito piada por causa do estilo de um viajante no aeroporto Santos Dumont?

    Esse país está literalmente perdendo a graça!

    Gostar

      1. Se for verdade, é mentira, pois só é criminalizada a apologia ao crime e o porte de arma de fogo não o é, sendo crime o porte ilegal de arma ou de arma ilegal.

        Gostar

  6. Ah, como me divirto com a canalha esquerdopata. Se eles não fizessem tão mal ao meu país, seriam uma grande comédia bufa.
    Bola pra frente, Joselito. Seus comentários repercutem no meu Facebook de maneira espantosa.

    Gostar

  7. Tudo o que foi dito da direita é, na realidade, o comportamento demonstrado pela esquerda nos últimos anos. Como esse pessoal vermelho-desbotado projeta as próprias características nos outros, né?

    Gostar

  8. JM, perfeito. Corrija apenas o TEM, para MTE. ( E isso segundo os próprios critérios do TEM.) Melhor Ainda: escre que se trata o Ministério do Trabalho e Empreho – MTE.

    Os imbecis vão findar inventando que agora você deu pra criar critérios próprios para definir a condição análoga à escravidão.

    Gostar

    1. É que eles ainda não haviam enfrentado uma reação e rejeição tão grande quanto agora, o que vem expondo suas ideias ridículas e a verdadeira farsa que representam. Isso tem deixado eles apavorados, sem saber como se posicionar no embate que se apresenta. Ainda não se deram conta de que perderam a hegemonia em todos os meios, o que os deixa com absoluta falta de humor, irritadiços até.

      Isso faz parte da gênese deles. Vamos enlouquecê-los.

      Gostar

  9. Ave Joselito! Só o que podemos comentar é que o analfabetismo funcional que grassa o intelecto nacional oferece-nos múltiplas comédias… Um tipo desses leva a sério o Chapolin Vermelho.

    Gostar

  10. Será que é por isso que os PIGs,Partido da Imprensa Governista, batem tanto o cartão no cardiologista.Morrerão de ataque cardio vascular com as verdades em forma de humor.Como diz o Bolsonaro,”A Verdade Tortura”.Logo,logo terá esquedopatas pedindo Bolsa Anistia por ter sido torturado por verdades.

    Gostar

  11. O problema não são as brincadeiras que vc faz a respeito de qualquer assunto que seja… o que assusta são pessoas que se dizem estudadas compartilhando seus textos assumindo-os como verdade só porque precisam afirmar sua fé… eles precisam mudar de postura!!!

    Gostar

  12. O dificíl é ver que algumas pessoas acreditam no que você escreve ! Eu li e achei otima replica ao outro boneco la do site , porem , muitos acreditam no qeu você diz e nao se dao ao trabalho de pesquisar ! acho qeu vc deveria colocar sempre uma observação ( caso a historia seja ficticia ) no final dos seus textos , que sao bem interessantes , pois afinal vc tem um grupo de seguidores e novos seguidores . Voce , mal ou bem forma opinioes e estas opinioes sao passadas para frente , entao amigao tenha muita responsabilidade na parada que vc ta escrevendo ai !! valeu brow

    Gostar

  13. Joselito Müller, boa noite.

    Entendi o que aconteceu. Você publicou e uma cacetada de sites publicaram o seu artigo. LOL. A maioria deles como se fosse realmente verdadeira a noticia. LOL novamente. Ai o Ministério teve que mandar nota, a coisa foi viral.

    Porra, nessa terra de sem noção, sem novidades ! É o conhecido problema que nosso país tem com logica e interpretação de texto, sacumé ?

    Por isso o pessoal do site Tijo-Rola ficou muito irado contigo. Tá perturbando a ordem na Republica Popular do Brasil, SACOU ? Cuma ? Zoar com o nosso governo popular ? Puta que pariu !!!! quiáquiaquiá

    Agora você definitivamente atraiu a ira dos blogs estatizados. Até o Lord PHA sabe da sua existência !

    Estou torcendo por uma resposta do pessoal do Tijo-Rola. E tenho certeza de que você vai coloca-los – novamente – no seu devido lugar e com argumentos, sem aquela melecaria ordenada pela central do blog-burb-pro que eles tem que obedecer.

    Parabéns pelo excelente trabalho. Continue, precisamos rir … para não chorar !

    Gostar

  14. uma boa é dizer que a venezuela vai tentar importar black blocs brasileiros para, assim, conseguir desvirtuar as requisições da população. já pensam em contratar o capitão gancho (o baba anti-semita) e o peter psol pan (o frouxo), além, claro, da fada sonsinha

    Gostar

  15. Depois os histéricos somos nós(“direitistas”. A aspas é para demonstrar o caráter pejorativo, quando usado pela esquerda. Vai que alguém leia e não entenda) , kkkkkkkk

    Gostar

  16. Bom dia, Joselito.
    O pior de tudo, é que ninguém divulga nem comenta que o ex-ministro da saúde tinha quatro médicas cubanas ao seu dispor, servindo de mucamas em seu apartamento funcional, em Brasília.
    Exerciam atividades de forno, fogão, mesa e cama, se é que me entendem, mas dormiam no “pisador”, amarradas a grilhões presos às paredes.

    Gostar

    1. Guilherme, tenho em PDF e posse te enviar. É o da “missão” da Colômbia, mas o conteúdo é mesmo para todas as “missões”, conforme as denúncias da médica Ramona têm confirmado. Se quiser, posse te enviar por e-mail em PDF

      Gostar

  17. Joselito ,
    Uma amiga que mora em outro pais, reproduziu a noticia no FB e alguns amigo(a)s dela acharam um horror . Como sou fã do teu site , postei que o site é de humor que na maioria das vezes é levado para o campo politico e no fundo acaba dizendo muitas verdades e que a noticia postada era de humor , para não ser levada a serio .Ela entrou no teu blog e acabou comentando que riu muito com as outras postagens. Tudo isto me leva a crer que a maioria dos brasileiros leem , mas não pensam..É uma coisa de São Paulo xs Corinthians , FlaFlu …etc etc …e no fundo tudo é rotulado em direita contra esquerda . o grande problema é que a esquerda não aceita a porcaria que está fazendo..há 11 anos e ainda querem comparar a época atual com a época FHC .( to com o saco cheio disto ) . A esquerda que sempre lutou por impostos menores , mais empregos ,salários compatíveis etc etcf perdeu a bandeira e entoa um mantra que não é verdadeiro ..mas de tanto falar a mesma coisa , acaba acreditando que está falando a verdade. Um grande abraço

    Gostar

  18. Como uma falsa notícia pode ter essa repercussão toda? Porque no fundo sabemos que a situação dos profissionais cubanos é desumana e nossos governantes safados se tremem todos com tudo que pode acabar com essa festa que já dura mais de uma década em nosso país. Manda ver Joselito!!!!

    Gostar

  19. Zelito… não sei quem não entendeu quem aí… o Fernando informou que você é um gaiato, acho que a crítica dele não é para você, mas pra quem lê uma notícia fictícia e sai por aí espumando como cães raivosos.

    Eu não sei se você tem orientação política, mas não vejo isso no seu blog. Quem vê direita ou esquerda no seu blog são as pessoas..

    Eu como esquerdista, me divirto muito nele, rindo à toa de quem pega suas notícias estapafúrdias e às toma como verdade ou vê algum tipo de crítica velada ao governo.. Se for ver bem, ao “exagerar” numa notícia, sobre direitos humanos, por exemplo, você acaba zoando mais quem é contra os DH, por torná-lo caricato, do que com quem é a favor.
    .

    Gostar

  20. Joselito, parabéns pelo seu blog!
    Posso postar este texto no meu perfil do facebook, naturalmente com o endereço do seu blog? Poderia também enviar-me o PDF deste “reglamento”?

    grande abraço
    Paulo Maurício

    Gostar

  21. Excelente! É claro que eles não distinguem o real do absurdo, pois o absurdo já é a realidade em suas mentes.
    Como por ocasião daquele teu episódio com a Maria do Rosário, em que eu postei por aí o comentário de que uma piada tão boa (e tão “piadística”) só poderia ser confundida com o assim chamado “pensamento” de Maria do Rosário porque este — o “pensamento” mariadorosariano, bem como o dos demais fiéis da seita capetista — já é uma piada. Da qual, no entanto, eles querem que ninguém ria.

    Gostar

  22. Até o PH Amorim enaltece o tijolaço por criticar tal “boato” da direita. O site dele até tenta ser bem humorado, mas os posts não passam de ofensas de adolescente mal educado contra o judiciário independente e a oposição. Os comentários seguem a linha de seguidores fanáticos da seita. Dá até vergonha.
    A ironia fina faz parte de uma grande inteligência. Jamais a encontraremos nesses blogs patrocinados pelo Governo,

    Gostar

  23. Herr Muller,

    Teus posts são kriptonita para os petralhas, esquerdoides e comutontos que poluem o Brasil. São tão poderosos que afetam também a massa de analfabetos funcionais que o governo petralha formou (outra desgraça para o Brasil que vai levar anos para concertar) e que não conseguem separar ficção de realidade.

    E o mais útil de tudo isso é que permite identificar a gangue que defende o governo petralha, são eles que ficam sempre ofendidos, então teu blog é um excelente detector de zoombies esquerdoides.

    Parabens e não desiste.

    Gostar

  24. PETRALHAS SÃO UNS ARROMBADOS, QUERENDO DAR UMA DE “ADEVOGADO” E JUSTIFICAR O CERCEAMENTO À LIBERDADE, O PETRALHA BABACÃO DISSE DA MEDICA CUBANA QUE “TRAIU O MOVIMENTO PUNK DO PETÊ”?! “ELA INGERE ALCOOL E TEM UM AMANTE” – SIM, PORRA, QUAL O PROBLEMA DELA “TOMAR UMA” E “DAR UMA” – ATÉ PARECE QUE JEAN ZUILIS NÃO DÁ O FOREVIS NO GABINETE DELE E NÃO TOMA AS CACHAÇADA COM DINHEIRO PÚBLICO – AH VÁ. PRO DIABO OS COMUNISTAS!

    Gostar

  25. Pingback: Pensar Não Dói » Onde estão os indomáveis?
  26. Joselito, vai que resolvem por em prática sua sugestão hilária, já devem estar pensando nessa solução para mante-los na situação não análoga mas idêntica ou pior que a de escravos pois estes gozavam de mais liberdade que os tais médicos cubanos.

    Gostar

Deixe seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: